3 Estratégias de Marketing para o novo normal

Marketing e Eventos sempre andaram juntos e, em se tratando da comercialização do seu evento, nem tudo precisa ser diferente do que era antes da pandemia. No entanto, há algumas coisas que devem ser lembradas e exaltadas como estratégias de marketing para esse novo normal. Confira as dicas!

1) Mensagens

Já falamos aqui sobre os eventos híbridos, eventos que misturam o presencial e o online e que tem grandes chances de se tornarem o novo normal por um tempo. Como estratégia de Marketing, justificar a realização de um evento presencial e convencer os participantes que vale a pena estar é mais desafiador do que nunca. Você precisa ser muito mais objetivo e focado ao comunicar sua proposta de valor em seus materiais de marketing.

Lembre-se de ser sensível à situação global atual e reconheça os desafios que muitos enfrentam – especialmente com relação à possibilidade de estar ao vivo e de dificuldades econômicas de maneira mais ampla. Certifique-se de deixar claro que haverá opções de participação online, além de abordar e enfatizar as medidas de segurança que você implementará no local.

2) Motivações

Por que eles deveriam assistir ao vivo quando uma opção virtual pode estar disponível (ou várias, dependendo da natureza do seu conteúdo e do cenário competitivo)?

Como você provavelmente precisará incluir um componente virtual, responda a essas perguntas com tato e com reforço positivo para manter o engajamento e a percepção do seu valor. Ou seja, exalte quais os ganhos do presencial, além do valor do conteúdo e do envolvimento virtual.

Manter os participantes informados é sempre uma parte essencial do processo de planejamento e, mais ainda, durante uma pandemia.

3) Instruções de Segurança

Envie materiais de integração específicos aos participantes pessoalmente antes do evento para que eles saibam sobre medidas importantes de segurança. Além disso, verifique se eles podem se preparar adequadamente.

Você deve incluir:

  • O que eles podem esperar do evento, incluindo regras sobre distanciamento social, uso de máscaras, etc;
  • Informações sobre o fornecimento de máscaras e outros equipamentos de segurança (que você deve providenciar) ou a implementação de verificações de temperatura na chegada;
  • Uma revisão das diretrizes de segurança padrão, como lavagem frequente das mãos e uso de álcool para as mãos;
  • Desencorajamento claro e objetivo para quem está com sintomas não comparecer ao evento;
  • Que medidas serão tomadas no local se alguém ficar doente;

Lembre-se: a comunicação, juntamente com a segurança e a higiene, serão ferramentas indispensáveis e que devem estar em primeiro lugar na hora de planejar um evento. Mesmo não sabendo exatamente quando as coisas retornam por aqui, o exemplo de vários países começam a desenhar um cenário possível para o setor.

Se você está planejando um evento para os próximos meses, solicite um orçamento conosco: Rooftop5 & Centro de Convenções e Espaço Jardim Leopoldina. Estamos prontos para te atender remotamente. Entre em contato!

 

Deixe seu comentário