Casamentos Reais | Amanda e Gustavo

Continuando nossa série de casamentos reais, você vai se derreter com esse casal lindo e divertido que passou pelo nosso espaço com muita história para contar. Vem sentir o gostinho de como foi o casamento da Amanda e do Gustavo!

Um longo tempo de espera

“A gente se conheceu muito antes de começar a namorar, somos do mesmo grupo de amigos”, começa contando a noiva Amanda. “E aí ela me enrolou por 7 anos, sendo que a primeira vez que eu a vi eu falei pros meus amigos que seria com ela que eu iria me casar” ressalta o noivo Gustavo. Só com esse começo já deu para ver que ansiedade não é com esses dois, né? Temos muito o que aprender com eles e eles vão deixar dicas preciosas pra gente mais pra frente.

Eles contam que foram amigos durante todo esse tempo e só começaram a namorar em 2012. “A gente se conheceu num grupo de amigos de colônia de férias, éramos monitores. […] Em 2018, fomos convidados para dar um workshop para outros monitores como monitores experientes. Então, o Gustavo preparou uma atividade toda voltada para a finalização de um pedido de casamento, mas ninguém sabia disso, só ele. Quando foi no final, o personagem dele chamou minha personagem e fez de surpresa o pedido ali. Ninguém esperava, foi uma festa a parte” conta Amanda.

“Como eu já sabia que ela era enrolada por ter me enrolado por 7 anos e não me pediu em casamento, eu decidi pedir ela em casamento depois de 5 anos de namoro”, completa Gustavo. Coisa mais linda, né?

A escolha do espaço

O lado bom dessa espera toda foi que o casal vivenciou muitas festas de casamento e isso os ajudou a saber com mais clareza o que queriam para o grande dia deles. “A gente visitou praticamente todos os espaços de São Paulo que comportavam o tamanho da festa. O Jardim Leopoldina foi o primeiro que a gente visitou e depois visitamos pelo menos uns 25. Desde o primeiro momento, gostamos muito do espaço e fomos muito bem recebidos. Acabávamos comparando todos os espaços com o Jardim Leopoldina. Rolou uma energia, algo diferente, especial.”

Mesmo assim, a escolha não foi tão fácil e a decisão acabou ficando nos detalhes. Eles contam que escolheram 3 finalistas e chamaram os pais para darem opinião na próxima visita. “Eu me lembro que no final o que fez a gente decidir foi a motivação e a vontade do pessoal de ajustar todas as questões que surgiram pra gente. Sentimos que o espaço estava preparado para resolver o que precisasse e garantir que o nosso dia fosse animal”, relata o noivo.

Outra coisa que chamou a atenção do casal foi a liberdade de escolha de fornecedores. Você pode escolher se casar com todos os nossos fornecedores, mas também tem a liberdade de trazer quem quiser de fora. “Essa liberdade foi muito difícil de achar em São Paulo, sem multas e regras para o uso do espaço por pessoas de fora. O que a gente quisesse no nosso casamento, iam fazer acontecer”, contam os dois, e ainda deixam uma dica importantíssima:

“Saibam no detalhe o que os espaços exigem, o que é fixo e o que você tem a liberdade de escolher. De parceiros ou de externos. Conheça esses parceiros obrigatórios! Ás vezes os lugares te amarram com coisas que você não quer.” 

 

 

O grande dia

Para eles, dizer sobre como foi o dia do casamento não é tão fácil de definir. “Sonhos e coisas maravilhosas se tornando realidade. Eu já imaginava que casar fosse legal, mas não sabia que ia ser tão incrível. Ter tanta gente junta para compartilhar o nosso amor e presenciar esse momento foi muito especial, muito mais do que eu imaginava” conta Amanda. Lendo esse relato, quem não fica com vontade de ter um dia incrível desses?

Ela completa: “Um momento muito marcante foi chegar no salão antes da festa, quando ele estava pronto mas as luzes todas acesas. Pode ver cada detalhe e curtir aquele momento, ver tudo o que eu escolhi, todos os planejamentos, tudo o que pensamos e ver que ficou incrível. Que as reuniões valeram a pena e todo mundo estava na mesma página. Aproveitei a festa mais tranquila porque vi que a festa estava preparada para ser do jeito que a gente sonhou.”


Dicas importantes!

Já deu para entender que saber viver cada momento é com esses dois, né? Eles ainda deixaram dicas ótimas para quem fica perdida/o com todas as decisões a serem tomadas e têm medo de se precipitar e fazer escolhas erradas.

1) Escolher e pensar com calma

A primeira dica que eles dão é, por mais que a opinião da família seja importante, “saber qual era o nosso desejo, acima do desejo de outros familiares” é fundamental. “O casal precisa estar muito seguro e alinhado com o que eles querem para garantir que a festa tenha o tom deles.” Disseram tudo, né? O seu dia tem que ter a ver com você!

2) Deixar a intuição falar

“Tem coisas que você resolve em planilhas, mas tem outras coisas que você sente e ás vezes isso é mais importante. Sigam também o good feeling. Algumas vezes, na dúvida entre uma coisa ou outra, você escolhe e sente um alivio. Mas tem vezes que essa dúvida continua com você mesmo após a decisão, então a gente voltou atrás e no final acabou sendo a melhor coisa” Afinal, é o seu grande dia e você precisa estar feliz e tranquilo com suas escolhas.

A gente sabe que um dos maiores sofrimentos é fazer caber tudo o que a gente quer no nosso orçamento e por vezes, precisamos abrir mão de alguns desejos. Eles contam que nem sempre abrir é a melhor opção: “quando tem algo que não bate, seguimos a intuição e reviramos o orçamento.” Saiba colocar prioridades, decidindo com felicidade e tranquilidade. “A intuição te dizendo que aquilo vai te fazer feliz. ”

3) A sua lista pode ser menor

Outra coisa que também não desgruda da cabeça dos noivos é a lista de casamento. Saber elencar prioridades vale para tudo, tanto no quesito da festa quanto no quesito de convidados. “A sua lista sempre pode ser menor do que você está pensando, chame quem você realmente quer ter por perto e também não deixe de chamar alguém que você quer pois ela pode fazer falta.”

Ficha Técnica

 Assessoria: Chag Eventos 

Foto: Cleiton Tibúrcio

Vídeo: Guilherme Paiva 

Banda:  Evolution 

Doce: Nininha Sisgrit e Pati Piva

Bar: Bardu 

Decoração: Boutique de flores e Isa Wju

Som/ iluminação: Klaus Eventos

E aí, deu pra sentir o gostinho desse casamento que teve atenção e perfeição em cada detalhe? Estamos aproveitando o tempo em que não podemos fazer eventos para relembrar essas histórias lindas que passaram por aqui. Ficou com vontade de ter um dia para chamar de seu?  Conheça nossos espaços: Espaço Jardim Leopoldina e Casa Tuim! Solicite um orçamento e venha comemorar conosco!

 

 

 

Deixe seu comentário